O que significa UVC?

Existem diferentes tipos de luzes ultravioleta, que também podem ser definidas como radiação. São elas os raios UVA, UVB e UVC, sendo que a última é a mais potente. Não à toa, são esses raios utilizados para esterilização, graças à sua ação germicida.


A radiação ultravioleta pode ser classificada em três tipos: UVA, UVB e UVC. Os raios UVA têm um comprimento de onda de 320 a 400 nm e são os de maior incidência na superfície terrestre, uma vez que não são absorvidos pela camada de ozônio. Eles correspondem à maior porção do espectro ultravioleta e incidem de igual maneira durante todo o dia e em todas as estações do ano, incluindo dias nublados e com baixa luminosidade.

Os raios UVB, com comprimento de onda na faixa de 280 a 320 nm, são parcialmente absorvidos pela camada de ozônio, por isso apresentam maior incidência durante o verão, principalmente, no período das 10h às 16h, em regiões de altitudes elevadas e próximas à linha do Equador (como o Brasil, por exemplo).




Já os raios UVC apresentam um comprimento de onda menor que 280 nm, sendo, portanto a radiação que menos se aproxima da luz visível. São muito nocivos à biosfera, porém, não acometem a Terra porque são completamente absorvidos pela camada de ozônio. Através de fontes artificiais, a radiação UVC é aplicada na esterilização de materiais cirúrgicos e em processos de tratamento de água, graças à sua propriedade bactericida.


Fonte: https://www.infoescola.com/fisica/radiacao-ultravioleta/


© 2020 por UVCare Daiken.